• , ,

    A misoginia nossa de cada dia nos dá hoje a pena de morte para vítimas de estupro

    Meu pintor predileto é Caravaggio. Escultor? Ninguém empata Da Vinci. Compositor clássico? Palestrina. Morro de amor pelas letras de Chico Buarque. Mas me comovem como nada as melodia de Tom Brasileiro Jobim. Se tenho que apontar um músico contemporâneo, não penso em ninguém senão Zakk Wylde. Porém minha banda favorita é Metallica… Bukowski inspira-me profundamente […]

  • ,

    O totem da ignorância

    Enfim, chegamos aos tempos em que podemos dizer abertamente o que pensamos e acreditamos, sem a consciência de que nossos pensamentos podem se “monstrificar” na sociedade quando manifestos. A máxima de Crowley “faz o que tu queres, há de ser tudo da lei” se condensou em nosso imaginário social e está tomando forma, corpo e […]

  • , ,

    Como lidar com os “deploráveis”: o grande desafio da esquerda e da democracia

    Durante a campanha para a presidência dos EUA, no ano passado, a democrata Hillary Clinton deu uma declaração um tanto forte para alguém que queria se opor à truculência do seu adversário. “Você sabe, para ser grossamente generalista, você poderia por metade dos apoiadores do Trump naquilo que eu chamo de cesta de deploráveis. Os […]

  • ,

    Stranger Things 2

    Todo filme/série/livro e similares contam uma história, e Stranger Things 2 conta uma história de amor, não de terror nem de suspense. Vamos entender como e por quê. Um ano se passa após derrotarem o Demogorgon e a vida dos quatro garotos – Mike Wheeler (Finn Wolfhard), Will Byers (Noah Schnapp), Dustin Henderson (Gaten Matarazzo) […]

  • , ,

    Renda básica: um consenso possível?

    É razoável afirmar que passamos hoje por um dos momentos mais complexos da sociedade moderna. Ao redor de todo o mundo há uma insatisfação difusa e crescente, enquanto aumenta a sensação de que a política não é mais capaz de oferecer soluções para os problemas atuais. Somos incomparavelmente mais produtivos do que há algumas décadas, […]

  • ,

    “Ideologia de gênero” não existe!

    Os conceitos e os termos que utilizamos não são neutros. São carregados de significados, de valor. Quando defendemos algo, utilizamos termos com conotação positiva e quando somos contra, utilizamos termos de conotação negativa. Ou até utilizamos termos para confundir quem escuta e dar uma impressão deturpada de algum fato. Já tentaram dizer que nazismo era […]

  • ,

    No conforto do meu sofá

    Não escrevo para criticar veementemente as redes sociais ou as Tecnologias da Informação e Comunicação – TIC, pois entendo que isso seria uma grande estupidez. A minha mais importante inquietação atual é sobre como as redes sociais têm influenciado e modificado as relações entre as pessoas, não apenas no âmbito particular, como também no coletivo. […]

  • ,

    Em tempos de desilusão, é preciso acreditar na política e rejeitar o autoritarismo

    O Brasil tem vivido um ritmo frenético (e provavelmente inédito) de acontecimentos políticos e criminais nos últimos meses. A impressão é de que, a cada dia, um novo investigado revelará mais sujeira por meio de delações, algum político será denunciado e alguém ligado ao presidente será preso ou flagrado cometendo atos corruptos. É um estado […]